PINAPARIS


PIN 10 ANOS     

Sociedade Nacional de Belas Artes


Duzentos e cinquenta linhas quase invisíveis e em tensão sustentam cerca de noventa peças em exposição. Não poderia ser mais adequada a metáfora inerente a este desenho expositivo que traça (in)voluntariamente a realidade de uma associação que em 10 anos reuniu esforços, lutou contra a desistência e conseguiu cumprir os seus objectivos com os mínimos. Muito está ainda por fazer. Os 10 anos em curso contribuíram, por enquanto, para mapear a joalharia contemporânea em Portugal e a joalharia contemporânea portuguesa no resto do mundo.

O sentido implícito na frase Em Toda a Parte em Lugar Nenhum – título da X edição do Simpósio Ars Ornata Europeana que motivou a criação da PIN em 2004 – permanece subjacente nesta estrutura que sustenta –aparentemente sem esforço – obras escolhidas por Marie-José van den Hout 1.  A escolha da comissária traduz um olhar possível sobre a obra realizada na última década por artistas que se inscreveram na PIN. Uma escolha feita a partir de cerca de 500 imagens que aproximadamente 60 artistas submeteram.  

Os fios de nylon esticados entre duas paredes paralelas e distantes oito metros traçam um plano, simulacro de um vidro e remetem-nos para a expressão “presos por um fio” que traduz  a fragilidade inerente a uma situação. Não deixa de ser verdade que a PIN assenta com franca recorrência nessa vulnerabilidade, nesse risco constante que tem sido o principal motor de uma força que a impele, análoga à força intrínseca a estes dois planos opostos ligados por múltiplos fios de nylon finos e flexíveis que metaforicamente traduzem a força da união. 

As paredes poderão “descolar”, os parafusos poderão soltar-se e não podemos ferir a alvenaria. É em sintonia com este tipo de preocupações que a PIN tem construído os seus alicerces ao longo dos seus 3650 dias de vida.
Consciente da importância de uma estrutura bem alicerçada, de preferência em terreno rochoso, este desenho expositivo – resultado de um projecto exímio, rigoroso e detalhado de Fernando Brízio – retrata o modus operandi desta associação. A importância está em cada detalhe e é nele que a PIN se tem focado. No mínimo. No quase imperceptível, mas essencial para garantir a sua estrutura.   

A jóia implica um corpo e para além da estrutura expositiva que sustenta a obra de 27 entidades [pessoas e escolas] esta exposição em celebração dos 10 anos da PIN convocou retratos de algumas das pessoas que contribuíram de diversas formas para que a PIN cumprisse com os seus projectos ao longo de uma década de actividades. Sede. Sítio. Viagens. Exposições. Workshops. Palestras. Cursos. Conversas. Encontros. Debates. Criticas.  A maioria das intenções da PIN consolidaram-se porque foi apoiada também pelas pessoas aqui retratadas e as instituições que muitas delas representam.  E não só. Sem a adesão e cortesia do grupo de fotógrafos [de eleição] que aceitou o desafio extra-ordinário de retratar pessoas e jóias, não teria sido possível reunir esta narrativa fotográfica que integra a história da PIN.
A Todos. E em especial aqueles que já partiram e não podem partilhar este momento [o Robin (Fior), a Madalena (Figueiredo), a Alexandra (Ribeiro) e a Verónica (Leonor)]  Muito Obrigada.

Cristina Filipe, 2014



_____________
1. Marie-José van den Hoet é directora da Galeria Marzee em Nijmegen,  na Holanda. Especialista em joalharia contemporânea foi a primeira galerista internacional a mostrar, na década de 80, joalharia contemporânea portuguesa.

 

 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 


Flyer PIN 10 ANOS sobre Mesa de Papel de Fernando Brízio.


Vista Geral da Exposição. Design Expositivo Fernando Brízio.


Detalhe da peça Joana Taurino | Pregar ao prego, 2011 | Colar | Aço, prata.

PIN 10 ANOS | Retratos [paredes] | Colar [chão] | Edgar Mosa | Mapa Mundi, 2013| Colar | Madeira, cobre, ouro.

PIN 10 ANOS | Retratos [paredes] | Colar [chão] | Edgar Mosa | Mapa Mundi, 2013| Colar | Madeira, cobre, ouro.

PIN 10 ANOS | Retratos [paredes] | Colar [chão] | Edgar Mosa | Mapa Mundi, 2013| Colar | Madeira, cobre, ouro.

PIN 10 ANOS | Retratos [paredes] | Colar [chão] | Edgar Mosa | Mapa Mundi, 2013| Colar | Madeira, cobre, ouro.


PIN 10 ANOS | Retratos [paredes] | Colar [chão] | Edgar Mosa | Mapa Mundi, 2013| Colar | Madeira, cobre, ouro.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: Inês Nunes | São Paulo, 2013 | Colar | MDF


PIN 10 ANOS Vista Geral da Exposição. | Design Expositivo Fernando Brízio.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: Catarina Silva | Heavenly bodies I , 2014 | Colar | Renda plastificada, labradorites, prata.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: ESAD – Arlindo Ferreira | Hortas Urbanas, 2012 | 4 Anéis | Flores, terra, resinas.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça [Bolas de sabão]: Ar.Co – Manuela Domingues | Ilusão e Encantamento, 2011 | Pendente / Brinquedo para fazer bolas de sabão | Ouro, cobre, diamantes, safira, zircónio, fio de poliéster.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça [Bolas de sabão]: Ar.Co – Manuela Domingues | Ilusão e Encantamento, 2011 | Pendente / Brinquedo para fazer bolas de sabão | Ouro, cobre, diamantes, safira, zircónio, fio de poliéster.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça [Bolas de sabão]: Ar.Co – Manuela Domingues | Ilusão e Encantamento, 2011 | Pendente / Brinquedo para fazer bolas de sabão | Ouro, cobre, diamantes, safira, zircónio, fio de poliéster.


PIN 10 ANOS. | Detalhe da peça: Joana Taurino | Pregar ao prego, 2011 | Colar | Aço, prata.


PIN 10 ANOS | Detalhe das peças: Renata Porto | Salomé - Talheres de Toque e Sedução, 2005 | Madeira cipreste e acrílico, prata 950. + Teresa Milheiro | Be botox, be fucking beautiful, 2005 | Cadeia | Prata oxidada, seringa de vidro reutilizada, caixa de madeira.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: Carla Castiajo | Bodily Traces I, 2013 | Colar / Peça para o corpo Cabelo, fio, prata oxidada.

PIN 10 ANOS | Vista Geral da Exposição. | Design Expositivo Fernando Brízio.


PIN 10 ANOS | Vista Geral da Exposição. | Design Expositivo Fernando Brízio.


PIN 10 ANOS | Vista Geral da Exposição. | Design Expositivo Fernando Brízio.


PIN 10 ANOS | Vista Geral da Exposição. | Design Expositivo Fernando Brízio.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: Aurea Praga | Animal Shadows | 8 Anéis | Bronze, patinas, elástico.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: Filomeno | Animal II, 2013 | Pendente | Bronze, acrílico, silicone.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: | Carlos Silva | Veias, 2011 | Broche | Raiz de oliveira, prata, tinta vinílica


PIN 10 ANOS | Vista Geral da Exposição. | Design Expositivo Fernando Brízio.


PIN 10 ANOS | Detalhe da peça: Rite of Passage, 2012 | Amuleto | Prata, coral negro.


PIN 10 ANOS | Detalhe das peças: Marília Maria Mira | Remates… onde acaba a roupa e começa a jóia, 2004 | Peça para usar sobre a roupa + Catarina Silva |Matriz, 2014 | Instalação (72 peças) | Cobre patinado


PIN 10 ANOS | Detalhe das peças: Estefânia R. de Almeida | #2/1001 | #2/0002, 2013 | Colar | Porcelana, algodão. #2/1001 | 2#/0001, 2013 | Colar | Porcelana, algodão. #2/1001, 2013 | Instalação (conjunto de 1001 peças) |Porcelana


PIN 10 ANOS | Detalhe peça: Ana Maria Duque | Ice Jewellery, Aneis, 2013. Plástico e água.



Fotografias de Eduardo Sousa Ribeiro.

 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Pessoas e Instituições que ao longo da última década têm vindo a apoiar a PIN, retratados com uma peça – da exposição PIN 10 ANOS – escolhida por si. Cada retrato expressa a visão dos fotógrafos, convidados a participar neste projecto, sobre o retratado e a jóia escolhida. Através destas fotografias estabeleceu-se um diálogo a três – retratado, fotógrafo, jóia – e criou-se um contexto para a jóia cujo o lugar de eleição é o corpo.

 


António Júlio Duarte | Retrato de Rui Afonso Santos com pin “Beyond Emotions” de Leonor Hipólito, 2014


Helena Gonçalves | Retrato de Luísa Penalva com anéis “Hortas Urbanas” de Arlindo Ferreira [ESAD], 2014


José Pedro Cortes | Retrato de Theda van Royen com colar “Kalighat” e amuleto “Rite of Passage “ de Tereza Seabra, 2014


Mariana Viegas | Retrato de Paula Crespo com pendente “Animal III” de Filomeno, 2014


Carlos Ramos | Retrato de Paulo Gouveia com broches “Serie Fragments I e II” de Margarida Matos, 2014


João Paulo Serafim | Retrato de Teresa Morna com colar “Mapa Mundi” de Edgar Mosa, 2014


Eduardo Sousa Ribeiro | Retrato de Margarida Duarte com “Salomé - Talheres de toque e sedução” de Renata Porto, 2014


João Silveira Ramos | Retrato de Tereza Seabra com colar “Still life with a cassowary” de Catarina Silva, 2014


Laura Castro Caldas | Retrato de Filomeno com broche “Quadrado Vermelho” de Paula Crespo, 2014


C. B. Aragão | Retrato de Elsa Garcia e Miguel Matos com adesivos “Pensos” de Inês Nunes, 2014


Pedro Tropa | Retrato de José de Guimarães com colar “Sanduiche Planadora” de Teresa Dantas, 2014


Eurico Lino do Vale | Retrato de Manuel da Costa Cabral com “Micro-Histórias e Macro-Mundos, Vol I” de Cristina Filipe, 2014


Valter Vinagre | Retrato de Madalena Braz Teixeira com colar de Manuela Sousa, 2014


Frederico NS | Retrato de Manuel Castro Caldas com broche “Era Ouro” de Artur Madeira [Ar.Co], 2014


Tiago Reis | Retrato de Graça Amorim [Nacional] com pulseira “Memórias IV” de Inês Sobreira, 2014


Catarina Botelho | Retrato de Ana Maria Martinho com colar “On Corps I” de Carla Castiajo, 2014

 

 


 ________________________________________________________

Fotografias da inauguração aqui.



1

TPL_BEEZ5_ADDITIONAL_INFORMATION

1

Found Lost Found

23. JOALHARIA CONTEMPORÂNEA NA IBERO-AMÉRICA