PT EN

Guerreiros e Soldados

Guerreiros e Soldados

Guerreiros e Soldados
Mirla Fernandes
Brasil
Março 2011

Detalhe do video de entrevistas feitas com artistas no Simpósio Gray Area
Detalhe do video de entrevistas feitas com artistas no Simpósio Gray Area

Guerreiros e Soldados
Mirla Fernandes, Brasil
Março  2011

 
Ontem aconteceu na UNICAMP a defesa de tese de doutorado de nossa colaboradora Ana Paula de Campos sobre Arte-Joalheria. A tese orientada pela Prof. Dra. Anna Paula Gouveia foi elogiada em seu conteúdo e também forma, pois inaugura um tipo inédito de tese que não põe termos definitivos e conclusões, mas se apresenta em sua totalidade de uma forma aberta, digamos...'deleuziana'.
 
Ana Paula assinando o documento de aprovação em frente à banca de doutores (da esquerda para direita): Luise Weiss, Maria de Fatima Morethy,  Anna Paula Gouveia, Daniela Kurschat e Silvio Dworecki
Ana Paula assinando o documento de aprovação em frente à banca de doutores (da esquerda para direita): Luise Weiss, Maria de Fatima Morethy, Anna Paula Gouveia, Daniela Kurschat e Silvio Dworecki
 
 
Consideramos essa uma grande conquista da arte-joalheria no país pois a tese acaba por re-inserir o assunto no campo da arte.
 
Acreditamos que esse seja um passo para colocar uma parte da produção de volta à cena de arte, se lembrarmos que a jóia já participou de Bienais de Arte e na atualidade foi deslocada para a de Design.
Naquela época, a joalheria que participou de Bienais ensaiava seus primeiros passos com pesquisas eminentemente formais, mas que até certo ponto se alinhavam com algumas correntes artísticas como a op-arte e arte cinética (pensemos em Reny Golcman, por exemplo).  O artista joalheiro que  começava a atuar como um 'guerreiro' no sentido de priorizar sua própria pesquisa em detrimento dos ditames do mercado conseguiu um espaço expositivo lado a lado com outras pesquisas poéticas sobre outros suportes (pinturas, esculturas, fotografias, etc).
 
Entrentato, os anos se passaram e a maior parte da produção joalheira, dita 'de autor', se mantem hoje atrelada apenas à essa pesquisa formal. O artista-joalheiro passou de 'guerreiro' a 'soldado', de pensador autônomo a servidor.  E isso lhe custou caro a perda de um espaço adequado.
 
A confusão está instalada e nesse mercado vemos de tudo. Daqueles que clamam que sua jóia é única porque a pedra é única,  àqueles (bem poucos) que desenvolvem uma poética e não se deixam seduzir pelos bazares de Natal ou pelas celebridades que usam suas jóias nas revistas populares.
 
O fato é que temos agora, através de uma das melhores universidades do país, uma documentação onde  se oficializa o território do artista-joalheiro como também pertencente à arte. Mais um passo dado para abrir a possibilidade de um espaço maior para aqueles que são os guerreiros,um estímulo para que alguns soldados dêem meia volta e mudem de direção.
 
Veja o video onde Campos explica sobre os conceitos de guerreiro/soldado:
 
Link do video:
http://www.youtube.com/watch?v=YsZsedQaRiQ

postado por Mirla Fernandes
 

__

O sítio da PIN teve o apoio


 Fundação Calouste Gulbenkian Nacional apoio